2007-01-21

Tudo acaba em festa

Ei cara, cê tá me escutando??? Então beleza, é o seguinte, você não precisa dançar conforme a música, dance independentemente da música que tocar, dance até sem música, baile insanamente ao inebriante berro do silêncio, dê piruetas ao som das folhas que estalam de seus velhos livros.

Pule, grite, bata, rode...esteja vivo, sinta-se vivo! Feche os olhos, imagine-se sei lá, dentro de um elevador em chamas, é cara...um elevador em chamas e você ali dentro, gargalhando impiedosamente de tudo aquilo, rindo feito uma criança, sonhando,sonhando,sonhando...

É a loucura, entende? Não é o medo que te guiará por algum lugar, são seus instintos, esqueça tudo...o carro, as contas, as roupas, a mulher, esqueça a civilização, e corra freneticamente, fuja de suas angústias, vá de encontro ao gozo, a sua recompensa, a ágape, o paraíso talvez.

Depois abra os olhos,e continue dançando, dançando,dançando...

Então feche as portas e as janelas de sua casa, chame os seus amigos, contrate umas garotas e aguardemos todos pelo fim do mundo.

uhú!

2 comentários:

Livinha disse...

Realmene é verdade!!!!
tudo acaba numa grande festa!

FOda o texto!

Beijos

Sandra Regina de Souza disse...

Quero ser convidada!!! rsrs... muito boa essa essa festa, moço!! bem traçada... realmente convidativa!! beijossss